Neste despertar lento e hesitante para a vida normal, após 2 anos de pandemia, a APO voltou a empenhar-se na organização de eventos “ao vivo”, em que para além da transmissão de conhecimentos teóricos, se incentiva a troca de experiências e o convívio pessoal. Esta aposta baseia-se na convicção que a formação do Médico envolve outras competências e sabedorias muito mais amplas e profundas do que a ciência pura e dura. É com este espírito que a direção da APO está a organizar o seu Congresso nacional, o Otoneuro 2022, que irá decorrer nos dias 30 de setembro e 1 de outubro, novamente no Hotel dos Templários, em Tomar. 
 
Neste congresso teremos como presidente de Honra o Sr. Dr. António Dias Ferreira. Como temas principais o Nistagmo Posicional, que foi o tema da Reunião de Inverno, as Alterações da Marcha e as Doenças de Movimento, as Neuropatias, os Acufenos e a Reabilitação auditiva. Os convidados estrangeiros serão o Prof. Eduardo Martin Sanz, o Prof. Jean-Luc Puel, e a Dra Cecile Nicolas-Puel. 
 
No entanto, durante o período do estado de emergência este tipo de formação holística não foi possível, tendo a APO recorrido aos meios informáticos de formação à distância para organizar webinares sobre vários temas, de forma a honrar o nosso compromisso de estimular a formação e a investigação na área da otoneurologia e permitir aos internos de formação específica a divulgação dos trabalhos científicos realizados nos seus serviços. Queria aproveitar esta ocasião para agradecer a todos quantos contribuíram para que nesse período de grandes dificuldades fosse possível manter estas actividades. Neste agradecimento incluo os membros da direcção da APO, todos os colegas que contribuíram com o seu conhecimento para enriquecer estes eventos, assim como aos patrocinadores e ao secretariado da APO, sem as quais estes eventos não teriam sido possíveis.
 
Nuno Trigueiros
Presidente da Associação Portuguesa de Otoneurologia
 
 

Faça-se membro

Faça-se membro
e junte-se à equipa!