No inicio de um novo ano, temos de voltar ao trabalho.
A APO tem que prosseguir o caminho criando condições e estímulos para o desenvolvimento da Otoneurologia Portuguesa.
Em primeiro lugar quero dizer-vos que estamos a preservar a História da APO, pois só olhando criticamente para o passado conseguimos projetar o futuro. Neste sentido foi desafiado o Dr. Vaz Garcia a reunir a documentação disponível, ideia que acarinhou e aceitou desde o primeiro momento. 
 
Também o site, meio privilegiado de comunicação está a ser atualizado, passando a disponibilizar informação dirigida ao público em geral.
Estamos a iniciar o processo da criação da subespecialidade de Otoneurologia. E como as associações crescem e se fortificam na partilha de conhecimentos e ações, estamos nesse sentido a organizar as reuniões de 2017.
 
A primeira iniciativa será a Reunião de Inverno que irá decorrer no dia 18 de Fevereiro, em Campo Maior, tendo por tema Vertigem Posicional e cujas conclusões serão publicadas no Rapport dessa reunião e apresentadas numa mesa redonda na Reunião Anual.
 
Em Maio nos dias 19 e 20 irá realizar-se a Reunião Anual que terá lugar em Montargil. Irão ser debatidos vários temas de interesse para internos e especialistas distribuídos em mesas redondas e conferências. Como já é habitual também haverá um Curso teórico-prático que este ano volta a ser sobre Vertigem. Contamos com a presença de preletores nacionais e estrangeiros com reconhecido valor científico.
 
Teremos ainda a Reunião Ibérica que se realizará no último trimestre do ano e cuja organização este ano é da nossa responsabilidade. Contamos no decurso deste ano conseguir realizar uma reunião para internos sobre vertigem em data a anunciar.
 
A presença de todos nestas reuniões é o melhor estímulo para continuarmos estas iniciativas para as quais é necessária persistência, esforço, determinação e cooperação numa época de grandes dificuldades conhecidas por todos.
 
Até breve,
 
Conceição Monteiro